Início Empresas Aéreas Um jato Embraer E190 foi levado à Austrália para uso na indústria...

Um jato Embraer E190 foi levado à Austrália para uso na indústria de óleo e gás

Foto: Cobham

A operadora aérea australiana especializada em fretamentos, Cobham Aviation Services, adicionou um Embraer E190 de 98 assentos à sua frota com o objetivo de empregá-lo no transporte de trabalhadores do setor de óleo e gás entre a cidade de Perth e o Projeto LNG Gorgon, da Chevron, em Barrow Island, na costa noroeste da Austrália Ocidental.

A aeronave, que receberá a matrícula VH-IQA voava na israelense Arkia e esteve em Maastricht, na Holanda, para manutenção e pintura, de onde saiu já na libré alvi-azul da Cobham, mas ainda com o prefixo G-CIDI. Essa é a segunda vez que a empresa usa um jato regional Embraer E190 para esse fim. Entre novembro de 2014 e março de 2018, ela alugou um avião do modelo com 104 assentos.

O contrato com a Chevron é válido até 2022, mas pode ser prorrogado. Junto com o serviço da Chevron, a Cobham disse que também usaria o jato para serviços semanais de ida e volta para a área de Goldfields.

“Esta aeronave de alto desempenho oferece aos nossos clientes maior confiabilidade e uma experiência significativamente aprimorada”, disse o executivo-chefe da Cobham, Ryan Both, citando o corredor mais largo e uma configuração 2×2 na cabine.

“A aeronave oferece um desempenho operacional substancialmente melhor, principalmente em climas quentes, além de ser capaz de voar distâncias maiores em comparação com aeronaves de tamanho semelhante. Isso reduz a necessidade de um custo adicional de combustível em locais remotos e também reduz as emissões de CO2 em até 15 por cento por viagem”, concluiu.