Início Empresas Aéreas Uma nova companhia aérea quer se concentrar nos viajantes Millennials

Uma nova companhia aérea quer se concentrar nos viajantes Millennials

Fotomontagem: Super Air Jet

Uma nova companhia aérea com a filosofia low-cost nasce na indonésia: a Super Air Jet. No entanto, a mídia local diz que não se trata de mais uma empresa qualquer, e sim uma aérea com um modelo de negócios focado na geração dos Millennials, jovens obcecados por tecnologia com propensão a viajar. Fontes dizem que a companhia tem ligações com o Lion Air Group, embora não tenha havido uma comunicação oficial a esse respeito.

Nesse momento, a Super Air Jet, que está em processo de obtenção de seu Certificado de Operador Aéreo (COA), mas já se sabe que deseja voar com aviões Airbus A320 de 180 assentos, uma configuração densa, voltados para rotas domésticas, inicialmente.

O momento para início de uma empresa aérea é bom do ponto de vista de custos de leasing de aeronaves, já que há muitas paradas mundo afora e o valor do aluguel mensal ou por uso caiu drasticamente. Assim, é possível conseguir jatos novos a preços atraentes. O peso negativo nessa balança é a pandemia e a incerteza sobre a volta da demanda por viagens, bem como a maneira como o mercado reagirá na “volta ao normal”.

Hoje, a Lion Air já possui um portfólio de marcas de aviação na Indonésia, incluindo a transportadora Batik Air e a companhia aérea regional Wings Air. Ainda não há informações sobre como a nova empresa vai se diferenciar da Lion Air, que já é uma empresa low-cost.

Por ser formada por ilhas, a Indonésia depende muito do transporte aéreo, o que, somado à sua grande população de 270 milhões de habitantes, lhe torna um grande mercado mundial da aviação. O principal público da companhia start-up, os Millennials, são aquelas pessoas que nasceram entre 1980 e 1994.

Sair da versão mobile