Uma primeira olhada no Airbus A220 da EgyptAir




O primeiro dos doze Airbus A220-300 encomendados pela EgyptAir Express saiu hoje da oficina de pintura da Airbus em Mirabel, no Canadá. O pedido original data de 2017, quando a companhia aérea egípcia assinou uma Carta de Intenções (LOI) com a Bombardier Aerospace. Agora, a aeronave passará para os testes de voo.

A aeronave entrará gradualmente no lugar dos 12 Embraer 170LRs que a EgyptAir Express opera atualmente. O novo jato terá capacidade para 126 passageiros em configuração de duas classes, enquanto a frota da Embraer tem capacidade para 76, também em duas classes.




A nova aeronave para a companhia aérea regional faz parte de uma atualização geral da frota para todo o grupo. No mês passado, a EgyptAir recebeu a primeira das seis aeronaves Boeing 787-9 Dreamliner. O 787 começou a operar em 3 de junho três vezes por semana de Cairo para Washington, DC.

A EgyptAir também receberá até 15 Airbus A320neos a partir de 2020 e eliminará os quatro A320ceos restantes que atualmente voam para a companhia aérea.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.