Seguindo os EUA, União Europeia fecha fronteiras em meio à crise do Coronavírus

A União Europeia decidiu na tarde desta segunda-feira, 16, fechar as fronteiras de países da área Schengen, como medida de evitar a proliferação do Coronavírus.

União Européia

Esse é um fato histórico e que nunca ocorreu desde a fundação do bloco em 1957, e vem na sequência do fechamento das fronteiras feito pela Alemanha e Portugal para seus vizinhos. A partir de agora, haverá restrição de entrada na chamada Área Schengen (veja mapa abaixo), que permitia que visitante e moradores transitassem entre os países membros sem passar pela alfândega.

Mapa da área Schengen, em azul os países que fecharão suas fronteiras externas. Desconsiderar Reino Unido como membro da União Européia © Parlamento Europeu

Será permitida a entrada apenas de europeus natos, residentes, familiares, diplomatas, profissionais que trabalham na força-tarefa contra o Coronavírus, além de qualquer profissional da área de transporte de mercadorias como caminhoneiros, pilotos e marinheiros.

A medida, válida por 30 dias, é considerada um shutdown de todos voos internacionais para fora da área Schengen. Neste contexto, a medida afetará um total de 25 rotas aéreas entre o Brasil e os países membros.

Com informações da Assessoria de Imprensa da UE

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos

Comentários estão fechados.