United Airlines confirma retorno ao Aeroporto JFK em Nova Iorque

A United Airlines confirmou que irá retornar ao principal Aeroporto de Nova Iorque, cinco anos após ter abandonado o John F. Kennedy.

Divulgação

A decisão anterior, tomada em 2016 foi a de concentrar todas as operações no Aeroporto de Newark, na vizinha Nova Jérsei, que acaba sendo até mais perto de Manhattan, mas é o aeroporto secundário da cidade. Porém, o atual CEO da companhia, Scott Kirby, já tinha afirmado que a decisão foi um erro, e que a empresa não deveria ter abandonado o JFK.

A volta dos voos acontecerá em fevereiro, com voos diretos para Los Angeles e São Francisco, feitos com o Boeing 767-300ER na configuração doméstica premium, que tem 46 assentos da executiva, 22 na econômica Premium Plus, 47 na Econômica Plus e 52 na Econômica regular.

“A partir do ano que vem estaremos servindo os três principais aeroportos de Nova Iorque (LaGuardia, JFK e Newark) com o melhor produto para nossos clientes, oferecendo um serviço sem precedentes em voos transcontinentais” afirma Kirby.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias