United incopora Boeings 767 usados e procura por mais aviões seminovos

A United Airlines parece estar seguindo o caminho da sua rival Delta Air Lines no sentido de procurar manter um bom número de aviões mais velhos na frota.




No seu relatório de desempenho financeiro do segundo semestre deste ano, a companhia destacou que tem se mantido ativa no mercado de aviões usados exatamente para caso a economia entre em decaída. As aeronaves usadas permitem uma flexibilidade maior, que segundo a companhia hoje permite reduzir o número de aviões na frota em até dois dígitos sem grandes prejuízos.

A vantagem dos aviões usados é o custo de leasing menor e também contratos mais curtos, podendo devolver a aeronave de maneira mais barata e/ou rápida, ou até receber uma proposta para compra da aeronave. Este ponto também é destcado pela companhia, que fala que quando um avião chega na hora de um grande cheque de manutenção nos motores ou fuselagem, ele pode ser canabalizado e suas peças irem para o estoque da companhia.

A companhia recebeu na última semana o primeiro de três Boeings 767-300ER usados que serão incorporados na frota neste ano. As aeronaves novas também chegam, com três 787-10 no último trimeste deste ano.

Com informações do Yahoo e da Assessoria de Imprensa da United

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos