United já planeja o retorno dos voos do Boeing 777 com motor problemático

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Após o incidente de fevereiro com o motor de um de seus Boeings 777, a United suspendeu os voos com a aeronave, mas já planeja o retorno.

Tudo começou em 20 de fevereiro, quando um motor Pratt & Whitney PW4000 teve problemas em voo, logo após a decolagem de Denver rumo ao Havaí. As imagens rodaram o mundo e chamaram a atenção pelas grandes labaredas, além do fato de parte das peças ter caído no solo, atingido casas e carros, mas felizmente sem ferir ninguém.

No dia seguinte, a United Airlines decidiu suspender os voos com 24 de seus jatos 777-200ER equipados com o PW4000. Estes, inclusive, foram os primeiros Boeings 777 a serem entregues no mundo, sendo a companhia a estreante mundial do então maior avião bimotor da época.

Em seguida, o Japão também suspendeu os voos e a FAA, agência de aviação civil dos EUA, tomou medida semelhante, proibindo os voos com os 777 com motores PW4000.

Agora, numa conferência para investidores, Jon Roitman, Vice-Presidente Executivo da United e Chefe de Operações da empresa, afirmou que já visa voltar à operação com seus 24 jatos 777, que são mais usados em rotas domésticas de alta densidade.

“Temos uma colaboração produtiva com a P&W, Boeing e a FAA. E o progresso é representativo para que a aeronave volte a voar com segurança num futuro próximo”, afirmou Jon, em transcrição disponibilizada pelo portal SeekingAlpha.

A afirmação foi dada após um repórter questionar se o jato iria voltar a voar neste verão americano (junho-agosto) ou se iria ser aposentado de vez, dado a demanda ainda reduzida. Apesar de não dar datas, o executivo apontou que sim, o avião irá voltar a voar na frota da empresa.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias