United amplia sua encomenda de Boeings 787-9 Dreamliners

A United Airlines encomendou mais nove unidades do Boeing 787-9 Dreamliner, elevando seu pedido do modelo para 13 aeronaves.

Os jatos serão usados para substituir os widebodies mais velhos na frota da United quando eles começarem a chegar em 2020, diz a companhia aérea norte-americana.

Avião Boeing 787 Dreamliner United




O pedido tem um valor de mais de US$ 2,5 bilhões ao preço de tabela atual do modelo, e vem apenas dois meses e meio após a companhia ter anunciado a encomenda de mais quatro 787-9.

Com o mais recente compromisso, a United tem pedidos firmes para 13 787-9 e 14 787-10s, com base em suas declarações e no Flight Fleets Analyzer. A transportadora também possui mais 10 opções de compra para o 787-8.

A United configura seus 787-9 com 252 assentos, o que coloca a aeronave entre os 767-400ERs de 240 assentos e os 777-200s de 276 assentos, após a reconfiguração da cabine do Polaris e Premium Plus.

A confirmação da nova encomenda chega pouco depois de a United anunciar onde utilizará seu primeiro 787-10. A maior variante do Dreamliner será recebida ainda este ano, e está planejada para entre em voos regulares no dia 7 de janeiro de 2019.

A United opera 12 787-8s e 25 787-9s atualmente, mostra o Flight Fleets Analyzer.

 
Informações pelo Flight Global.
 

United define rota de estreia de seu Boeing 787-10

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.