UPS e Qatar, que voam ao Brasil, são clientes potenciais do novo cargueiro A350F

Airbus A350-1000 – Imagem: Airbus

Após termos visto aqui no AEROIN a confirmação de que a Airbus vai produzir uma versão de carga do A350, começam a surgir empresas interessadas no setor. O modelo estaria pronto para estrear por volta de 2025 e permitiria à gigante fabricante europeia lutar contra o domínio da Boeing no mercado de aeronaves de carga.

Como parte do processo de desenvolvimento, a empresa já pode apresentar propostas formais para clientes em potencial. Conforme relata nosso parceiro argentino Aviacionline, a americana UPS, a alemã DHL e a catari Qatar Airways estão entre as partes interessadas quando forem tomar decisões de compra de aeronaves cargueira em breve.

O Diretor Financeiro da UPS, Brian Newman, disse no final de julho que a empresa está “revisando as necessidades de sua carteira de pedidos com o longo prazo em mente”. Além disso, um porta-voz da DHL afirmou que a empresa está interessada tanto no A350F quanto no cargueiro 777X.

De acordo com Guillaume Faury, CEO da Airbus, “Temos uma plataforma muito forte no A350 e construir uma versão de carga faz sentido. O A350F consumirá 40% menos combustível do que modelos como o Boeing 747, o que deve torná-lo uma opção muito atraente para nossos clientes.”

A UPS realiza voos regulares de carga para o Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), utilizando aviões Boeing 767-300F, e a Qatar atende a Viracopos e também ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, com aeronaves Boeing 777F.

Leia mais:

Juliano Gianotto
Ativo no Plane Spotting e aficionado pelo mundo aeronáutico, com ênfase em aviação militar, atualmente trabalha no ramo de fotografia profissional.

Veja outras histórias