Início Empresas Aéreas UPS diz que fará história no show aéreo anual hoje em Louisville

UPS diz que fará história no show aéreo anual hoje em Louisville

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A gigante empresa de logística United Parcel Services, a UPS, também conhecida por ter uma das maiores companhias aéreas de carga do mundo, anunciou que fará uma histórica ação especial no típico show aéreo que ocorre anualmente sobre sua cidade-sede Louisville, nos Estados Unidos.

O Thunder Over Louisville é o evento anual inicial do tradicional Festival Kentucky Derby, que envolve um show aéreo e queima de fogos de artifício. Geralmente é realizado todo mês de abril, cerca de duas semanas antes do primeiro sábado de maio, ou Dia do Derby.

Este ano, ainda em decorrência da pandemia, o show aéreo foi repensado para evitar aglomerações, de forma que será possível aos moradores da cidade assistir em transmissão ao vivo do canal WHAS-11.

O show aéreo será realizado por duas horas a partir das 15h00 locais (16h00 no horário de Brasília) e espalhado por diferentes regiões da cidade, com sobrevoos e algumas acrobacias. Segundo a página do evento, os atos aéreos previstos incluem:

– A Guarda Aérea Nacional de Kentucky e seu C-130;
– O P-51 do Tuskegee Airman;
– A UPS com um de seus Boeing 767 cargueiros;
– Matt Younkin realizando um show aéreo diurno e um noturno;
– Alguns clássicos T-38;
– Aviões tanques da Força Aérea; e
– Helicópteros do exército.

Como se nota, infelizmente o UPS não utilizará um de seus enormes Boeings 747, como já o fez em outras edições. Possivelmente isso se deve ao uso intensivo dos grandes cargueiros em decorrência da alta demanda gerada pela pandemia. Veja nos vídeos abaixo, por exemplo, o uso do 747-8F nas edições de 2018 e 2019:

Porém, através do cockpit de seu Boeing 767, a companhia promete algo inédito. Ela voará com uma tripulação totalmente negra pela primeira vez na história do show aéreo.

A tripulação de quatro pessoas passou cerca de uma hora no simulador de voo da UPS na quinta-feira para praticar a trajetória de voo poucos dias antes do grande evento.

O nativo de Louisville, Jordan Dorsey, primeiro oficial e co-piloto do voo do Thunder, considerou isso uma honra. “É um show aéreo do qual participo todos os anos desde que era criança”, disse ele.

Ele se sentará ao lado do comandante de voo Norman Seawright Jr., que voa desde 1979. Seawright Jr. foi mentor de Dorsey ao longo de sua carreira. “Este é um jovem que expressa interesse pela aviação desde que o conheço…há 23 anos”, disse ele. “Ele realizou seu sonho.”

Os observadores de segurança que estarão no cockpit, com décadas de experiência em voo, são o comandante Jeff Harrison e o piloto-chefe assistente Sean Horton. Ambos esperam que este voo inspire as crianças, especialmente as afro-americanas, a pensar em uma carreira na aviação.

“Normalmente não se vê gente como nós nessa posição”, disse Harrison, que dá aulas de voo para crianças como parte de uma parceria entre a UPS Airlines e a Organização de Profissionais Aeroespaciais Negros. É um programa do qual o primeiro oficial Dorsey também fez parte enquanto crescia.

“Se pudermos ir lá, voar nosso show e inspirar apenas um punhado de crianças a perseguir a aviação, considero nossa missão concluída”, explicou Horton.

A rota de voo levará a aeronave 767 sobre Louisville em direção ao campo de Bowman para uma passagem lenta e outra em alta velocidade antes de retornar à pista do Aeroporto Internacional Muhammad Ali de Louisville. 

Horton disse que o voo é dedicado a “todos aqueles UPSers que fizeram tanto, especialmente no ano passado, quando as coisas estavam tão difíceis.”

Sair da versão mobile