Ursa de 500kg viaja de avião para santuário brasileiro de preservação

Depois do transporte bem-sucedido de dois ursos-pardos de Fortaleza a São Paulo em agosto deste ano, a LATAM Cargo Brasil realizou o transporte aéreo de mais uma ursa na noite do último domingo (06).

Dessa vez, o animal embarcou no aeroporto de Salvador com destino a São Paulo. O transporte do animal foi realizado em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). A ursa será conduzida ao mesmo santuário ecológico no interior de São Paulo em que já residem os outros dois animais da mesma espécie.

Para esta viagem, a LATAM Cargo levou primeiramente a caixa de transporte especialmente produzida para esta espécie. A caixa foi de São Paulo a Salvador para que, na volta, o animal pudesse viajar com toda segurança.

A viagem da ursa foi realizada em uma aeronave modelo Boeing 767-300. Com peso total de mais de 500 kg, foi acompanhada por veterinários e especialistas do instituto de defesa dos animais que irá recebê-la em São Paulo.

O animal residia no estado do Sergipe e foi transferido via terrestre para o aeroporto de Salvador, que tem capacidade para receber aeronaves de maior porte, condição necessária para que a ursa pudesse ser transportada.  O processo de preparação da aeronave e o embarque começaram 4 horas antes do horário de decolagem do voo e envolveram mais de 15 funcionários da LATAM Cargo.

A ursa será recebida pela Associação Santuário Ecológico Rancho dos Gnomos (ASERG), especializada em preservação da fauna silvestre e que recebe animais apreendidos em cativeiro e vítimas de maus-tratos. 

A parceria entre a LATAM Cargo Brasil e o Ibama foi iniciada em 2009 e já viabilizou o transporte gratuito de mais de 4.500 animais em projetos destinados à preservação da fauna brasileira.

Informações pela LATAM.

Luis Neves

É agente de turismo e acompanha a evolução da aviação brasileira desde o final da década de 80. Fotografa tudo o que voa e tem uma das maiores coleções de fotos de aviação do Brasil.