US$4,2 bilhões serão investidos para ampliação de aeroporto na Coréia do Sul

A Coréia do Sul investirá 4,84 trilhões de won ($4,2 bilhões de dólares ou $17,6 bilhões de reais) para expandir seu principal aeroporto até 2024, a fim de atender à crescente demanda por viagens, informou o Ministério dos Transportes na última terça-feira, 19 de novembro.

Aeroporto Seul Incheon Coréia do Sul
Aeroporto de Seul Incheon

A Incheon International Airport Corp. (IIAC), operadora do Aeroporto Internacional de Incheon, fará o investimento em etapas nos próximos cinco anos para construir uma quarta pista e expandir o segundo terminal de passageiros e outras instalações, de acordo com o Ministério.

“Nos últimos anos, um número crescente de companhia aéreas de baixo custo ingressou no modelo de serviços completos para absorver a crescente demanda em rotas domésticas e internacionais. O número de passageiros que usam o aeroporto de Incheon deve atingir mais de 100 milhões em 2030”, afirmou o comunicado.

Se concluído, o aeroporto expandido de Incheon será capaz de gerenciar 106 milhões de passageiros por ano, com dois terminais que acomodam separadamente mais de 50 milhões de passageiros cada um.

Aeroporto Seul Incheon Coréia do Sul Vista Satélite

O Ministério espera que o aeroporto de Incheon ocupe o terceiro lugar no mundo em 2024, depois do Aeroporto Internacional de Dubai e do Aeroporto de Istambul, em termos de capacidade de acomodação de passageiros.

Anteriormente, a IIAC injetou outros 4,9 trilhões de won para construir o segundo terminal de junho de 2009 a dezembro de 2017. As operações comerciais foram inciadas em janeiro do ano passado.

A Korean Air Lines e três companhias aéreas estrangeiras de serviço completo – Delta Air Lines, Air France e KLM Royal Dutch Airlines – atualmente atendem passageiros no segundo terminal. A Asiana Airlines e outras 85 companhias aéreas usam o primeiro terminal.

O país possui duas companhias aéreas de serviço completo – Korean Air e Asiana Airlines – e sete companhias aéreas de baixo custo – Jeju Air, Jin Air, Air Busan, Air Seoul, Eastar Jet, T’way Air e Voe Gangwon.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.