Vale freta Boeing 787 para resgatar funcionários na África, acompanhe ao vivo

A companhia de mineração Vale do Rio Doce fretou um Boeing 787 Dreamliner para buscar seus funcionários que não conseguiam sair da África.

Boeing 787 Ethiopian Vale
Boeing 787 da Ethiopian © Byeangel

A aeronave está neste momento próximo à Ilha de Santa Helena, no Atlântico Sul, após decolar de Maputo, em Moçambique, com direção a Belo Horizonte.

O Boeing 787-8 Dreamliner da Ethiopian está levando funcionários da mineradora, que possui grande presença em Moçambique para a extração de carvão mineral.

Segundo a Vale, são em torno de 250 funcionários que estão a bordo do 787 Dreamliner, que visita pela segunda vez a capital mineira. A primeira vez foi com um voo alternado da British Airways que iria originalmente para o Aeroporto RIOgaleão.

O avião tem pouso estimado às 15h30, podendo antecipar ou atrasar um pouco em relação a este horário devido a ventos e alterações na rota. Para acompanhar em tempo real pelo FlightRadar24, clique aqui.

Com o fechamento a partir de hoje das fronteiras da África do Sul devido à Covid-19, os brasileiros em Moçambique e no restante da África ficaram limitados ao voo da Ethiopian a partir de Adis Abeba, que continua operando, mas com quase nenhuma passagem disponível para compra.

Nota: Divulgamos em matéria anterior que o motivo da visita do 787 em Belo Horizonte era para a repatriação de africanos, e não o contrário. Corrigimos a mesma assim que recebemos uma informação mais precisa.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos

Comentários estão fechados.