Você sabe quanto custa o leasing de um avião comercial?

Como falamos nesta postagem anterior, o leasing aeronáutico é o principal motivo de constantemente diversas aéreas surgirem no mundo e contribui para a concorrência. Mas você sabe quanto custa arrendar um avião?

O leasing aeronáutico é o arrendamento ou “aluguel” de aeronaves por um período considerável tempo, suportado por um contrato específico. Apesar de ainda não ser algo barato, como você verá logo abaixo, permite que as companhias estruturem melhor seu fluxo de caixa, sem “travar” seus recursos, gastar milhões numa compra antecipada ou arcar com a depreciação.

Recentemente, tivemos acesso aos dados da IBA (International Bureau of Aviation) e da ISTAT (International Society of Transport Aircraft Trading) que são organizações-referência no mercado da aviação comercial.

Os dados abaixo refletem o preço do leasing atual (no início de junho de 2019) e são demonstrados de duas maneiras: valor mais barato, baseado na aeronave mais antiga disponível, e o maior valor, baseado na aeronave mais nova disponível. Os valores estão em dólares americanos e são cobrados mensalmente das companhias aéreas pelas empresas de leasing, conhecidas como lessores.

Airbus

A220-100 e -300

  • $205 mil (2018) ~ $310 mil (2019)
© Clément Alloing

A318

  • $95 mil (2003) ~ $145 mil (2013)

A319ceo

  • $80 mil (1999) ~ $280 mil (2019)

A320ceo

  • $60mil (1990) ~ $330 mil (2019)

A320neo

  • $310 mil (2016) ~ $370 mil (2019)

A321ceo

  • $130mil (1995) ~ 385 mil (2019)

A321neo (versão normal sem ser LR/ACF/XLR)

  • $340 mil (2017) ~ $410 mil (2019)
Avião Airbus A321neo
A321neo. Imagem: Divulgação / Airbus

A330-200

  • $150 mil (1998) ~ $640 mil (2019)

A330-300

  • $140 mil (1996) ~ $750 mil (2019)

A330-200F (Cargueiro)

  • $450 mil (2011) ~ $750 mil (2019)

A340-300

  • $120 mil (1993) ~ $240 mil (2008)
Airbus A340-300 “albino” similar ao que a HiFly utiliza

A340-600

  • $220 mil (2002) ~ $300 mil (2010)

A350-900XWB

  • $800 mil (2014) ~ $1.14 milhões (2019)

A380-800

  • $540 mil (2007) ~ $1.75 milhões (2019)

Boeing

717

  • $80 mil (2001) ~ $115 mil (2006)
© Glenn Beltz

737-400

  • $45 mil (1988) ~ $80 mil (2000)

737-700

  • $85 mil (1997) ~ $245 mil (2018)

737-800

  • $120 mil (1998) ~ $285 mil (2019)
Avião Boeing 737-800

737-900ER

  • $205 mil (2007) ~ $360 mil (2019)

737 MAX 8

  • $285 mil (2017) ~ $310 mil (2019)

737 MAX 9

  • $330 mil (2019)

747-400

  • $90 mil (1989) ~ $175 mil (2005)

747-400F

  • $250 mil (1993) ~ $450 mil (2008)

747-8i/F

  • $750 mil (2011) ~ $1.4 milhões (2019)

757-200

  • $60 mil (1984) ~ $140mil (2005)

767-300ER

  • $90 mil (1988) ~ $290 mil (2014)

767-300F

  • $250 mil (1995) ~ $520 mil (2019)

777-200ER

  • $200 mil (1997) ~ $370 mil (2013)

777-300ER

  • $500 mil (2004) ~ $1.35 milhões (2019)

777F

  • $700 mil (2009) ~ $1.25 milhões (2019)

787-8 Dreamliner

  • $675 mil (2011) ~ $1 milhão (2019)

787-9 Dreamliner

  • $850 mil (2014) ~ $1.15 milhões (2019)

Bombardier

Q400

  • $60 mil (1986) ~ $190 mil (2019)

CRJ-200

  • $25 mil (1997) ~ $50 mil (2018)

CRJ-700

  • $70 mil (2001) ~ $190 (2019)

CRJ-900

  • $90 mil (2003) ~ $200 mil (2019)

Embraer

ERJ 145

  • $30 mil (1996) ~ $60 mil (2013)

E175 E1

  • $125 mil (2005) ~ $230 mil (2019)

E190 E1

  • $135 mil (2005) ~ $265 mil (2019)

McDonnell Douglas

MD-11F

  • $85 mil (1990) ~ $115 mil (2001)
Avião McDonnell Douglas MD-11F Lufthansa Cargo

MD-82

  • $15mil (1981) ~ $40 mil (1997)

MD-90

  • $45 mil (1995) ~ $70 mil (2000)

ATR

42-500

  • $47 mil (1995) ~ $115 mil (2012)

72-600

  • $60 mil (2011) ~ $175 mil (2019)
Avião ATR 72 Avianca Argentina

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos