Início História Vandalismo: furtadas peças do Boeing 727 que será exposto em memorial da...

Vandalismo: furtadas peças do Boeing 727 que será exposto em memorial da VARIG

Imagem: Rubem Oscar Bürgel

Um Boeing 727 que será exposto em um novo memorial da VARIG, no projeto VARIGVIVE, foi alvo de vandalismo ao ter roubadas peças de valor histórico inestimável.

A aeronave em questão é o Boeing 727-100 que voava sob a matrícula PP-VLD e que, como acompanhamos ao longo de 2020, foi arrematado em um leilão por um grupo de ex-funcionários da VARIG, que depois criaram o projeto VARIGVIVE que é liderado por Rubem Oscar Bürgel, que foi engenheiro de voo da empresa.

E é Rubem quem nos informa que o Boeing 727, que será recuperado e exposto no memorial em Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul, sofreu os recentes danos de vandalismo e furto de partes.

Segundo o engenheiro, dois elementos estacionaram seus veículos ao lado das três carretas onde estão a fuselagem, as empenagens e as asas do jato, aguardando autorizações de transporte das autarquias. Eles arrombaram as portas de acesso aos porões do B727 e adentraram no interior das cabines.

Os vândalos levaram uma das saídas de emergência que ficam sobre as asas e um painel do sistema elétrico.

O local da saída de emergência removida – Imagem: Rubem Oscar Bürgel
O local do painel retirado – Imagem: Rubem Oscar Bürgel

Rubem comenta que todo o desenrolar do furto foi gravado e o vídeo mostra placas dos veículos e imagens dos sujeitos. As imagens foram apresentadas às autoridades para as providências cabíveis (furto qualificado).

“As correntes, e cadeados quebrados são desprezíveis, porém, as partes do Boeing são raras e possuem valores de grande monta, por pertencerem a um avião fabricado em 1972. Caso as peças substitutas ainda existam, terão de ser importadas dos Estados Unidos”, lamenta o engenheiro.

Sair da versão mobile