Veja como está ficando o Fokker 100 da Pan Am Experience de Brasília

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

O emblemático jato Fokker 100, que uma vez voou com as cores da Avianca Brasil, está cada vez mais perto de voltar a servir aos passageiros, agora em Brasília e nas cores da icônica empresa aérea Pan Am. A apresentação acontece na próxima semana.

Reprodução Canal ASA – YouTube

O Fokker 100 que está sendo preparado para ser a aeronave do Pan Am Experience, localizado em Brasília, já voou no Brasil sob a matrícula PR-OAF e nas cores da Avianca. Em março de 2014, durante um pouso na capital federal, a aeronave teve um problema no trem de pouso dianteiro e arrastou o nariz no chão da pista, vindo a ficar danificada e ser armazenada. Desde então, estava abandonada em um hangar no aeroporto internacional, até ganhar essa nova oportunidade de abrigar uma experiência saudosista.

Segundo Ricardo Espíndola, idealizador do projeto, em entrevista ao jornalista e piloto de linha aérea Robert Zwerdling, do Canal ASA, a aeronave foi doada para a Igreja Batista Central de Brasília, para que a usasse como a criatividade mandasse. Daí, nasceu a ideia de criar uma experiência de aviação ao público.

Zwerdling teve a oportunidade de percorrer a aeronave por fora e por dentro, mostrando em primeira mão como andam os preparativos para o lançamento do projeto, marcado para a próxima semana.

Reprodução Canal ASA – YouTube

Por dentro

O projeto ainda está em fase de progresso, mas já é possível ter uma ideia de como a experiência a bordo acontecerá. A aeronave será segmentada em três áreas distintas: um lounge, uma seção de primeira classe e uma econômica.

Os assentos da primeira classe virão de um Boeing 767 que era da Transbrasil e foram recondicionados, já a galley (cozinha) vem de um 737 que também voou no Brasil. Por sua vez, os assentos da econômica serão os originais do Fokker 100, na configuração 3-2.

Espíndola esclarece que a aeronave não será usada como restaurante, mas que o objetivo é prover uma experiência de aviação aos visitantes como uma espécie de voo a “lugar nenhum”. Ao embarcarem, os passageiros serão envolvidos por uma atmosfera de voo, com um sistema de som simulando o barulho dos motores e um serviço de bordo ainda a ser revelado.

Por sua vez, toda a aeronave está funcional, incluindo banheiros, sistema de ventilação, iluminação, bins (bagageiros) e, futuramente, também o cockpit da aeronave.

No próximo dia 3, o jato será apresentado à imprensa, junto com o serviço de bordo que será servido no Pan Am Experience, num pontapé inicial para um projeto que contribui e muito com a cultura aeronáutica no país. A abertura para o público deve ocorrer apenas no primeiro trimestre de 2021.

Assista abaixo (espere carregar), o tour feito pelo Canal ASA na aeronave.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias