Veja como é a restrição do espaço aéreo para o lançamento de astronautas de hoje da SpaceX

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Diante do lançamento de foguetes para o envio de satélites e espaçonaves para fora da atmosfera terrestre, o espaço aéreo precisa de restrições para evitar conflito dos artefatos espaciais com aeronaves. Veja detalhes sobre como isso funcionará para o importante lançamento de hoje.

Foguete Falcon 9 partindo ao espaço – Imagem: SpaceX

A tarde dessa quarta-feira, 27 de maio, deve se tornar um marco importante nas missões espaciais dos Estados Unidos e do mundo, ao registrar o retorno do envio de astronautas ao espaço a partir de solo norte-americano, após nove anos da aposentadoria dos Ônibus Espacias, ocorrida em 2011.

Programada para as 17:33 (horário de Brasília), a partida do foguete da SpaceX, empresa do visionário sul-africano Elon Musk, também marcará o primeiro envio de humanos ao espaço pela NASA através de uma empresa espacial privada.

Diante da missão, desde ontem (26) a Federal Aviation Administration (FAA) emitiu vários NOTAM’s (Avisos aos Aviadores) de Restrição Temporária de Voo (TFR), válidos até esta quarta-feira em torno da famosa base de lançamento localizada em Cabo Canaveral, na Flórida.

Segundo a FAA, os NOTAM’s estão em preparação para o histórico voo espacial tripulado da NASA para a Estação Espacial Internacional a bordo da cápsula SpaceX Crew Dragon.

O papel da FAA é garantir a segurança do espaço aéreo, proibindo todas as operações de aeronaves dentro de 30 milhas náuticas (55,5 km) do Centro Espacial Kennedy da NASA durante o período relatado, a menos que a operação seja isenta.

Restrições NOTAM Cabo Canaveral SpaceX
Carta aérea mostra as restrições na região do lançamento – Imagem: FAA

Existem três tipos de NOTAM’s: espaço aéreo, para fechar o espaço aéreo próximo ao lançamento; fluxo, para fornecer orientação de rota para os operadores da aviação; e segurança, para implementar medidas de segurança para aeronaves e sistemas de aeronaves não tripuladas (UAS) na área.

São proibidas operações de aeronaves que envolvam UAS, treinamento de voo, acrobacia aérea, planador, hidroavião, paraquedas, ultraleve, asa delta, balão, pulverização agrícola, entre várias outra.

Os pilotos que não cumprirem os requisitos, instruções ou procedimentos especiais do NOTAM podem ser interceptados, detidos pela polícia e sujeitos a qualquer uma das seguintes ações adicionais:

  • Sanções civis e suspensão ou revogação de certificados de aviadores; ou
  • Acusações criminais, incluindo acusações de acordo com o título 49 do Código dos Estados Unidos, seção 46307; ou
  • O governo dos EUA pode usar força mortal contra a aeronave, se for determinado que a mesma representa uma ameaça iminente à segurança.

Os pilotos devem sempre monitorar os TFR’s e NOTAM’s antes de voar, para que estejam cientes das restrições do espaço aéreo.

FlightRadar24 Kennedy Space Center SpaceX
Radar mostra o entorno do Kennedy Space Center quase sem voos – Imagem: FlightRadar24

O lançamento, programado para as 17:33 (de Brasília) conforme citado acima, será transmitido ao vivo, e você poderá acompanhar no vídeo a seguir, que deve começar a transmissão por volta de 10 minutos antes desse horário.

O aeroporto de Orlando, apesar de ficar bastante próximo ao Kennedy Space Center, não costuma ter suas operações suspensas, havendo apenas a necessidade de que os pilotos estejam atentos às restrições nas proximidades.

Assim, as operações no aeroporto acabam por gerar cenas como a que você vê na matéria abaixo, com um Airbus A330 da Azul, em que passageiros a bordo da aeronave assistem de camarote ao lançamento de foguetes.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias