Início Mercado Verduras de uma horta vertical abastecem os voos mais longos do mundo

Verduras de uma horta vertical abastecem os voos mais longos do mundo

A indústria de viagens coloca um esforço contínuo em assegurar a saúde dos viajantes e reduzir o impacto ambiental, de modo que um dos pilares importantes para as cadeia de suprimentos que atende às empresas aéreas é a forma como a alimentação é tratada.

Um exemplo de como esse tema é tratado vem da Singapore Airlines, que desde 2019 tem um acordo com Aerofarms, empresa agrícola vertical que fornece verduras no menor tempo possível entre a colheita das suas instalações de jardinagem hidropônica e o avião. O serviço foi implementado primeiro no voo mais longo do mundo, que liga Nova Jérsei (Newark) a Cingapura e dura mais de 17 horas.

“Nosso objetivo é dar aos nossos passageiros a opção de desfrutar dos produtos mais frescos do céu, cultivados e entregues de uma forma mais ambientalmente sustentável”, disse James Boyd, Chefe de Comunicações da Singapore Airlines nos Estados Unidos.

Anteriormente, os folhas para voos saindo de Newark precisavam ser transportadas da Califórnia, México ou Flórida – até quase 5 mil quilômetros de distância. Desde que o acordo foi fechado, as verduras são cultivadas a apenas 7 quilômetros do aeroporto e entregues no avião 24 horas após a colheita. 

“Imagine embarcar em um avião e saborear uma salada colhida o mais próximo possível da partida – literalmente, a comida mais fresca de uma companhia aérea do mundo”, disse Antony McNeil, diretor de alimentos e bebidas da Singapore Airlines.“A única maneira de obter verduras mais frescas a bordo é colhê-las em seu próprio jardim”.

“Os clientes estão cada vez mais atentos à sua dieta e ao tipo de ingredientes usados ​​em suas refeições, e usar produtos frescos da estação, bem como um estilo de cozinha mais leve, está se tornando mais importante para ajudar os clientes preocupados com a saúde a se sentirem mais revigorados após os voos”, disse o vice-presidente executivo comercial da Singapore Airline, Mak Swee Wah. Essas novas iniciativas “permitem que os viajantes façam uma alimentação tão saudável no ar quanto no solo”.

Os serviços da Aerofarms atendem a muitas indústrias, sendo a da aviação apenas uma delas.

Essa matéria foi produzida pela empresa de publicidade Wundermann-Thompson

Sair da versão mobile