Início Aviação Militar Veterano de guerra com 100 anos ganha viagem de 1ª classe por...

Veterano de guerra com 100 anos ganha viagem de 1ª classe por novo feito heroico

Ganhar a passagem na primeira-classe é para poucos, mas para Tom Moore foi mais do que merecido, sobretudo após o veterano da Segunda Guerra ter concluído outro feito histórico recente.

Divulgação

Para falar a verdade, o correto tratamento para esse veterano é Captain Sir Tom Moore, dada a sua patente militar no Exército Britânico e também o título concedido pela sua majestade, Rainha Elizabeth. Mesmo sendo um herói de guerra e ainda ativo em seu centenário, Tom ficou conhecido não por livrar o mundo do mal, mas sim por sua ajuda no combate à pandemia do coronavírus.

Recentemente, ele lançou um desafio na internet em que prometeu dar 100 voltas (em referência ao seu aniversário) no seu jardim, ainda que caminhando com a ajuda do seu andador, caso arrecadasse £1 mil libras para o NHS, que é uma espécie de SUS britânico, até a data do seu centenário.

A campanha ficou conhecida no bairro e depois na cidade, indo parar nos jornais de todo o mundo. O resultado disso foi fantástico: £5 milhões de libras (R$ 34 milhões), que serão utilizados para as frentes de combate ao coronavírus do NHS.

A atitude foi tão nobre, que a Royal Air Force fez uma passagem sobre sua casa com seus caças para saudar o Capitão Tom em seu aniversário, que posteriormente recebeu o titulo de Sir, dado pela própria Rainha Elizabeth.

Prêmio da British Airways

Agora, outro momento de reconhecimento veio da companhia aérea nacional, a British Airways, que decidiu conceder uma passagem na primeira classe para Barbados, incluindo os bilhetes de toda sua família.

“Eu nunca imaginei que aos 100 anos de idade eu conseguiria viajar de novo. Eu sou tão grato a todos que fizeram isso possível. O apoio que me foi dado em 2020 renovou minhas energias e hoje irei riscar algo da minha lista de coisas a fazer”, afirmou Tom.

O voo de Londres para as Bahamas foi realizado a bordo de um Boeing 777 e durou praticamente nove horas. O seu confortável assento foi bordado com o seu nome, em mais uma homenagem à este herói, dentro e fora dos fronts.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A