Passageiro filma 787 alijando combustível após ser atingido por raio

Um vídeo surgiu neste final de semana mostrando o momento em que um Boeing 787 da Air New Zealand alijava combustível após ser atingido por um raio no final da semana passada.

O voo de Auckland para o Taiti estava no ar há 10 minutos na noite de sexta-feira (31/05) quando os passageiros ouviram o forte estrondo junto com o clarão.

Logo em seguida, a tripulação no controle do 787-9 Dreamliner iniciou um alijamento de combustível sobre a Baía de Plenty para reduzir seu peso antes de pousar de volta em Auckland. O procedimento é realizado sempre que uma aeronave está pesada demais para pousar, sendo necessário eliminar parte do combustível.

Apesar de não ser algo incomum ou perigoso uma aeronave ser atingida por raio, qualquer ocorrência deste tipo obriga que a aeronave seja submetida a inspeções especiais antes de entrar novamente em serviço.

Um passageiro que estava no voo twittou dizendo que a experiência foi surreal: “Alto estrondo e flash, seguido de um estranho silêncio a bordo”.

Confira o vídeo divulgado pelo passageiro em seu twitter. Note que a cada piscada da luz vermelha é possível ver o fluxo de combustível saindo da asa no processo de alijamento.

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.