Em vídeo, veja o Boeing 777F entregando os medicamentos de intubação no GRU Airport

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Chegou ao Brasil na noite desta quinta-feira, 15 de abril, o primeiro voo com milhões de medicamentos para intubação doados ao Ministério da Saúde por um grupo de grandes empresas nacionais.

As imagens do vídeo acima foram cedidas pela Vale

Diante do recrudescimento da pandemia da Covid-19 no Brasil e da consequente escassez de insumos para o atendimento a pacientes em UTIs, o grupo de empresas se uniu para a doação de 3,4 milhões de medicamentos para intubação, quantidade suficiente para a gestão de 500 leitos pelo período de um mês e meio. Esta ação solidária, em caráter emergencial, conta com o engajamento e apoio da Engie, Itaú Unibanco, Klabin, Petrobras e Raízen, além da Vale, que deu início a esta ação há duas semanas.

O pool de empresas, liderado pelos seus presidentes, mobilizou-se e realizou os trâmites para importar da China sedativos, neurobloqueadores musculares e analgésicos opioides – insumos básicos para realizar a intubação. Os itens são certificados pela Anvisa, além da agência chinesa, e serão integralmente doados ao governo federal, que cuidará também da distribuição pelos Estados por meio do SUS-Sistema Único de Saúde.

A aeronave Boeing 777F da companhia aérea Ethiopian Airlines pousou no Aeroporto Internacional de Guarulhos pouco depois das 22h00 da quinta-feira trazendo a primeira remessa, com 2,4 milhões de medicamentos.

Conforme dados da plataforma de rastreamento RadarBox, o avião registrado sob a matrícula ET-APU partiu de Xangai, na China, na madrugada do próprio dia 15 e fez escalas na Etiópia e na Nigéria antes da chegada ao Brasil.

O 777F chegando ao Brasil – Imagem: RadarBox

“Seguimos acompanhando atentamente o agravamento da pandemia no Brasil e entendemos que é urgente essa mobilização das empresas para apoiar o governo federal na recomposição de insumos para UTIs. É importante destacar que essa ação só tem essa força porque conta com adesão de empresas de diversos setores. O momento pede união e esperamos contribuir para o sistema de saúde em todo território brasileiro”, afirma Eduardo Bartolomeo, presidente da Vale, em comunicado da companhia.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Avião Airbus A330-200 Air France

Queda do A330 da Air France após partir do Brasil deve...

0
O voo 447 da Air France, que era cumprido com o Airbus A330-200 F-GZCP, caiu no Oceano Atlântico no caminho do Rio de Janeiro para Paris.