Boeing 787-9 é desviado para Tóquio após rachar o pára-brisa a 11 mil metros

Na noite deste domingo (1/9), horário japonês, um Boeing 787 alternou para o Aeroporto de Narita, em Tóquio, após ter o seu pára-brisa esquerdo rachado.

Boeing 787-9 da Air Canada com para-brisa rachado
Foto: NHK

A aeronave da Air Canada, de matrícula C-FRSO, realizava o voo AC26 de Xangai para Vancouver e estava ao norte de Osaka, a 11.000 metros de altitude, quando algo atingiu o para-brisa da aeronave causando-lhe uma rachadura.

Seguindo os procedimentos de segurança, o avião iniciou a descida para um pouso de emergência no Aeroporto de Narita na capital japonesa. A rede de TV NHK registrou o pouso que ocorreu sem problemas. A bordo estavam 299 pessoas entre tripulantes e passageiros.

Clique AQUI para ver o vídeo feito pela rede de TV NHK. A causa da rachadura não foi descoberta ainda. Um caso similar a esse aconteceu em maio desse ano com um A380 da China Southern.

Rota do AC26 até o pouso

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagens pela Avianca Brasil e Azul Linhas Aéreas. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias

Balões do Google desaparecerão dos aplicativos de rastreamento de voos

0
A Alphabet Inc., empresa dona do Google, desistiu do projeto Loon, que visava fornecer fornecer acesso à internet para áreas carentes