Vídeo captou avião da LATAM emitindo chamas na decolagem abortada em Congonhas

O A320 correndo na pista, em cena do vídeo que você vê nesta matéria

Mais cedo nesta sexta-feira, 17 de setembro, acompanhamos o incidente no Aeroporto de Congonhas, na capital paulista, em que um Airbus A320 da LATAM precisou abortar sua decolagem após um “bird strike”, ou seja, um impacto com pássaro por volta das 11h00 da quinta-feira, 16 de setembro.

Na ocasião, um áudio publicado pelo portal G1 mostrou o piloto comunicando aos passageiros sobre a necessidade de manutenção do motor #1 (da asa esquerda) devido a problemas decorrentes da ingestão de pássaros.

Agora, um vídeo captado pelo canal “Golf Oscar Romeo” no YouTube, que transmite ao vivo as operações do aeroporto, mostra como foi o momento da ocorrência e a abortagem da decolagem do voo de número TAM-3415.

Na gravação é possível notar chamas que foram emitidas pelo motor esquerdo do A320 de matrícula PR-MYY devido à ingestão dos pássaros, bem como a aeronave parando sobre a pista. Embora chame atenção o fogo visto, vale ressaltar que é normal isso ser observado quando algo interfere no funcionamento padrão do propulsor ou quando o danifica.

Além das cenas, o vídeo também apresenta o áudio das comunicações entre o piloto e o controle de tráfego aéreo. Após o bird strike, ouve-se o piloto avisando que abortou a decolagem e que manteria a aeronave sobre a pista 17 da direita. Note também como a aeronave para de forma bastante eficiente, sem riscos mesmo diante da pista de dimensões relativamente reduzidas de Congonhas.

Caso o avião já estivesse rápido o suficiente para não ser possível parar, o piloto continuaria com a decolagem, que é planamente possível mesmo com apenas um motor em funcionamento.

Após o incidente, a controladora de tráfego orienta a aeronave que pousaria em seguida no aeroporto a efetuar uma arremetida. Pouco depois, as comunicações prosseguem até o piloto voltar a mover a aeronave e taxiar para fora da pista.

Acompanhe a seguir o vídeo, que começar com a decolagem de um Boeing 737 da GOL e, na sequência, mostra a entrada do A320 na pista para a decolagem, e o incidente:

Apesar do incidente, o PR-MYY voltou a decolar na manhã seguinte na malha regular da LATAM, em um voo para Cuiabá, sem novas intercorrências.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Avião Boeing 737-800 Gol Smiles

Smiles convida Fafá de Belém para podcast de valorização do Brasil

0
A ação integra a campanha "O Mundo dentro do Brasil", que tem como objetivo a valorização de viagens para destinos brasileiros.