Vídeo da cabine mostra momento em que Boeing 737-800 pousa no mar

Um Boeing 737-800 da companhia Air Niugini, de Papua Nova Guiné, sofreu um acidente durante o pouso em Chuuk, na Micronésia, em setembro de 2018. A aeronave pousou no mar, a 150 metros antes da pista, após os pilotos ignorarem os avisos dos sistemas da aeronave.

As autoridades divulgaram essa semana um vídeo feito do interior da cabine por alguém não-identificado, que mostra como os fatos se desenrolaram até culminar no acidente. Observe como os pilotos ignoraram vários avisos emitido pelos sensores da aeronave informando que eles estavam muito baixos e descendo muito depressa e fora do padrão.

No momento da aproximação não havia visibilidade devido a uma forte tempestade e o aeroporto não possui sistema de auxílio para uma aproximação de precisão por instrumentos, mas apenas um equipamento de rádio-farol não-direcional (NDB/DME), que indica a direção do aeroporto.

Ao arriscarem um pouso nestas condições e ignorarem os avisos da aeronave, os pilotos colocaram a vida de 47 pessoas em risco, embora tenha havido uma morte. O relatório inicial havia dado conta de que todos tinha evacuado a aeronave até que, mais tarde, deu-se conta de que faltava uma pessoa. O corpo foi encontrado por mergulhadores horas mais tarde.

O comandante, de 52 anos, tinha 19.780 horas de voo, sendo 2.276 horas no modelo. O primeiro oficial, de 35, tinha 4.618 horas, sendo 368 no tipo Boeing 737-800.

Para quem quiser se aprofundar mais no assunto, o relatório da investigação está acessível clicando aqui.

Imagem do Avherald

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.