Vídeo impactante do cemitério de aviões em Maiquetia, na Venezuela

A aviação venezuelana está muito distante de qualquer tempo de glória. A cada dia, a situação econômica do país se deteriora, arrastando junto a esperança de uma aviação pujante. O cenário é de desolação, com empresas estrangeiras abandonando o país, empresas nacionais falindo e até a recriação do bizarro “aeroterror”.

Na área sul do aeroporto de Maiquetia, que serve a capital Caracas, um cemitério de aviões cresce sem parar, simbolizando a derrocada da aviação venezuelana.

São mais de 25 aeronaves abandonadas ao tempo, pertencentes às mais variadas empresas aéreas, como Conviasa, Laser, Aeropostal, SBA, parados por falta de demanda e problemas na reposição de peças – ou servindo eles mesmos como fontes de peças de reposição para os restantes das frotas.

Veja o local do cemitério pelo Google Maps, clicando aqui.

Carlos Ferreira

É profissional de marketing e pesquisador de temas relacionados à aviação há quase duas décadas. Leva a câmera fotográfica para onde vai e faz mais fotos de aviões do que dos passeios. Responsável pela linha editorial da revista eletrônica AEROIN.net.