Início Aeroportos A interessante visão de quem guia o caminho dos aviões pelo solo...

A interessante visão de quem guia o caminho dos aviões pelo solo de um aeroporto

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Apresentamos hoje aqui no AEROIN mais um vídeo que achamos interessante para levar você leitor mais uma vez “para dentro” de um aeroporto, permitindo ter um pouco da experiência de visão que têm as pessoas que trabalham nos veículos que guiam aeronaves pelo solo dos aeroportos.

Confira a seguir a gravação (aguarde carregar caso não apareça imediatamente) e, logo abaixo, entenda um pouco mais sobre a função deste veículo conhecido como carro ‘follow me’.

O vídeo que você pôde ver acima (caso não tenha conseguido ver, pode clicar aqui para acessá-lo) foi registrado nesta última semana, quando o Aeroporto Internacional de Madri, na Espanha, foi atingido por uma forte nevasca que até mesmo suspendeu suas operações por um dia todo em função da condição meteorológica adversa.

Em um dia normal, os pilotos das aeronaves se deslocariam por conta própria pelo aeroporto, seguindo as orientações do controlador de tráfego aéreo sobre quais vias de taxiamento (‘taxiways’) usar. Esse é o procedimento comum na maioria dos grandes aeroportos que oferecem infraestrutura suficiente para o avião se mover livremente.

Porém, em aeroportos com infraestrutura limitada para o porte da aeronave, bem como em situações excepcionais que possam apresentar alguma possibilidade de erro ou risco durante o deslocamento, é comum que um veículo seja enviado até o avião para guiá-lo visualmente. Este é o chamado carro ‘folllow me’, que na tradução para o português significa “siga-me”.

Follow Me Car Siga-me Carro Veículo
Exemplo de carro ‘follow me’ – Imagem: Monaambf / CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Follow Me Car Siga-me Carro Veículo
Exemplo de carro ‘follow me’ – Imagem: Domínio Público

O ‘follow me’ pode não apenas percorrer as ‘taxiways’ pelas quais o avião deverá se deslocar ao segui-lo, mas também ser um “olho a mais” ao observar a movimentação da aeronave e garantir que ela, por exemplo, não acabe por ter um de seus trens de pouso saindo dos limites laterais seguros da via.

Foi exatamente o que ocorreu em Madri nesta semana. Diante do aeroporto completamente tomado pela neve após o início de melhora da meteorologia, a presença de um veículo acompanhando as aeronaves garantiria maior segurança de que todo o deslocamento entre pátios e pistas e vive-versa ocorreria sem intercorrências.

Também vemos com frequência o emprego do ‘follow me’, por exemplo, nos deslocamentos de solo do gigante Antonov AN-225, o maior avião comercial do mundo. Diante de seu tamanho, muitos dos aeroportos consideram prudente que o veículo guie o movimento e monitore a posição da aeronave.

Avião Antonov AN-225
O ‘follow me’ à frente do AN-225 no Aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP)

Embora a função do ‘follow me’ seja garantir a segurança da movimentação de solo, há aeroportos que aproveitam para colocar carros esportivos na função e fazer um pouco de marketing. É o caso, por exemplo, do aeroporto de Bologna, na Itália, que usa nada menos do que um Lamborghini Huracán EVO no serviço. Você pode relembrar esta curiosidade clicando aqui ou no título a seguir.