Vídeo registra a rara operação do Boeing 767 islandês na pista de gelo da Antártica

Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

O B767 decolando, em captura de tela do vídeo que você verá abaixo nesta matéria

Ao longo de fevereiro, acompanhamos a operação da companhia aérea Icelandair, da Islândia, que, apesar de localizada no gélido país do norte do planeta, costuma ser contratada para cumprir voos de transporte de pessoal de e para uma estação de pesquisa também muito gelada no extremo oposto da Terra, a Antártica.

Vimos que, apesar de não ser a primeira vez de um Boeing 767 nas proximidades do Polo Sul, já que a Titan Airways, por exemplo, já o utilizou antes para tal serviço, foi a estreia da Icelandair com o modelo, pois outras idas à Estação de Pesquisa localizada no Campo de Pouso Troll eram sempre feitas por ela com o Boeing 757.

Assim, a rara operação com um “widebody” (jato cuja cabine tem dois corredores entre assentos), e inédita para a empresa islandesa, partiu no dia 24 de fevereiro de Keflavik, na Islândia, direto para Cape Town, na África do Sul, onde fez sua escala para o voo rumo ao continente congelado.

Os dois trechos de voo do B767 até a Antártica – Imagem: FlightRadar24

Finalmente, na última sexta-feira, 26, o Boeing 767-300ER de matrícula TF-ISN decolou da Cape Town com os integrantes que passarão a próxima temporada na base antártica, e, após pousar na incomum pista de gelo, desembarcou-os na Estação depois de 5 horas e 43 minutos de voo.

Menos de duas horas depois, o Boeing 767 partia de volta para a África do Sul, dessa vez levando de volta o pessoal que deixou a estação de pesquisa.

Segundo o Instituto Norueguês Polar, responsável pela operação, o Campo de Pouso Troll possui uma das únicas 5 pistas capazes de receber aviões de grande porte. E essa incomum aparição do jato foi registrada e publicada pelo Instituto em um vídeo com belas imagens do embarque/desembarque da equipe e da decolagem.

Veja a seguir um vídeo do pouso e, logo abaixo dele, o da operação e da decolagem:

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias