Viracopos ganha nova rota internacional com estreia da Amaszonas

Voo inaugural da Amaszonas del Paraguay chega a Viracopos. Imagem: Divulgação / Viracopos.

O Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), ganhou uma nova rota internacional desde ontem (17/01). A empresa aérea Amaszonas del Paraguay, parte do Grupo Amaszonas, terá um voo diário de Campinas para Assunção, no Paraguai, em um jato Bombardier CRJ 200, com capacidade para 50 lugares.




O voo inaugural chegou ontem à tarde ao Aeroporto de Viracopos com executivos da empresa e convidados, vindos do Paraguai. O primeiro voo de Viracopos para Assunção decola nesta quinta-feira (18/01), às 16h20.

O novo destino interligará Viracopos ao hub da Amaszonas, em Assunção, no Paraguai, onde a empresa oferece dois voos diários para a Cidade del Este (PAR), Buenos Aires-Aeroparque (ARG) e Montevidéu (URU) e três vezes por semana para Salta (ARG) e para Iquique (CHI). A empresa também opera voos diários para Santa Cruz de la Sierra (BOL), onde é possível conectar-se com outros destinos do grupo, como La Paz, Cochabamba, Sucre e Uyuni.

Esta nova rota facilitará a viagem de turistas e empresários de Campinas e de todo o interior de São Paulo para os países vizinhos. Hoje, pela falta de opção de voos diretos, esses passageiros têm que viajar duas horas até o aeroporto mais próximo, na capital paulista.

“Não faz sentido viajar uma hora e meia ou duas horas de carro de Campinas até São Paulo para embarcar para Assunção, Montevidéu ou Buenos Aires, por exemplo, quando uma viagem de avião de Viracopos duraria praticamente o mesmo tempo. Viracopos possui sua própria área de influência, são 3,3 milhões de passageiros em potencial da Região Metropolitana de Campinas e quase 10 milhões de pessoas que vivem num raio de distância de 80km do aeroporto, é uma demanda reprimida significativa”, disse a gerente de Linhas Aéreas de Viracopos, Graziella Delicato.

A recuperação da economia já desperta maior interesse das empresas aéreas pela região, o que ajuda o aeroporto na captação de novos voos e vai ao encontro da estratégia de Viracopos de expansão e fortalecimento da conectividade com a América do Sul. “Estamos abertos a todas as empresas aéreas que queiram voar a partir de Viracopos e oferecemos condições especiais para os destinos ainda não atendidos. Temos em curso outras negociações de destinos para a América do Sul”, completou a gerente.

A nova rota se soma aos demais destinos internacionais de Viracopos, sendo todos diários: Orlando (EUA), Fort Lauderdale (EUA) e Lisboa (POR). Além destes voos, Viracopos negocia para ganhar mais voos para destinos internacionais neste ano.

 
Informações pela Assessoria de Imprensa da ABV Aeroportos Brasil Viracopos.
 

Murilo Basseto

Formado em Engenharia, foi um dos líderes do Urubus Aerodesign da Unicamp e um dos responsáveis por alçar o grupo à elite mundial da engenharia aeronáutica universitária. Atualmente é Editor-Chefe do AEROIN.