Virgin Atlantic abandona o Jumbo Boeing 747 e deixa aeroporto de Londres

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

A Virgin Atlantic anunciou hoje seus planos pós-pandemia, que incluem a aposentadoria do Jumbo e saída de um importante aeroporto de Londres.

Avião Boeing 747 Virgin Jumbo

A empresa, que já tinha abandonado os planos de operar na rota São Paulo – Londres-Heathrow, decidiu concentrar todas suas operações neste aeroporto londrino, abandonando o Gatwick, o segundo mais importante da capital britânica.

Além disso, outra notícia dada pela empresa na data de hoje é que a sua frota será composta apenas por aviões bimotores, deixando de vez os quadrijatos. No início de março a Virgin já tinha anunciado a aposentadoria imediata dos Airbus A340-600 e agora a medida será estendida ao clássico Jumbo Boeing 747-400.

Mas a “Rainha dos Céus”, forma como 747 é conhecido, não vai sozinho, já que o processo de aposentadoria também incluirá os quatro A330-200 que a empresa opera, mantendo assim apenas 10 jatos de grande porte do modelo A330-300, além dos Boeing 787 e Airbus A350. Com essas aposentadorias antecipadas, a empresa espera reduzir em dois anos até 10% das emissões de CO2.

A demissão de até 3.150 funcionários também já foi anunciada, em mais uma medida para reduzir custos e preparar a empresa para a futura venda, que já tem, supostamente, 20 interessados:

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Carlos Martins
Fascinado por aviões desde 1999, se formou em Aeronáutica estudando na Cal State Long Beach e Western Michigan University. Atualmente é Editor-Chefe no AEROIN, Piloto de Avião, membro da AOPA, com passagem pela Avianca Brasil. #GoBroncos #GoBeach #2A

Veja outras histórias