Avião ATR-72 da VOEPASS fez operação não regular ao Uruguai

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Avião ATR 72-600 Passaredo
ATR 72-600 da Passaredo, atualmente chamada VOEPASS

Poucos dias após retomar suas operações regulares no Brasil, suspensa por meses por conta da crise aérea gerada pela Covid-19, a VOEPASS faz hoje, 15 de julho, um voo especial para o Uruguai.

Segundo informações da aprovação do voo, disponíveis no sistema da Agência Nacional da Aviação Civil do Brasil (ANAC), a operação foi solicitada com um serviço “NÃO REGULAR DE PASSAGEIROS INTERNACIONAL”.

Essa classificação indica que a VOEPASS está autorizada a transportar passageiros, mas, trata-se de um serviço não regular, ou seja, algum fretamento contratado por um terceiro – como uma agência de viagens, uma empresa, um órgão governamental, entre outros – e não de uma operação regular que a companhia aérea efetue e venda passagens.

Em consulta à companhia aérea, a mesma confirmou ao AEROIN se tratar de um fretamento, porém, sem especificar sua natureza.

A aeronave escalada na missão foi o ATR 72-600 de matrícula PR-PDO. O turboélice bimotor decolou do Aeroporto Internacional de Guarulhos às 04:22 da manhã no voo de número 2Z-9808, que durou 4 horas e 16 minutos, segundo dados registrados pelo site de rastreamento de voos FlightRadar24. O pouso na capital do país vizinho ocorreu às 08:39.

O ATR da Passaredo em seu voo para Montevidéu nessa quarta-feira – Imagem: FlightRadar24

A aprovação da ANAC ainda mostra que o voo de retorno, de numeração 2Z-9809, está planejado para decolar de Montevidéu às 21:00 dessa quarta-feira. O pouso no próprio aeroporto de onde partiu a operação, o GRU Airport, deve ocorrer às 00:35.

A VOEPASS retomou seus voos regulares no dia 3 de julho, exatamente na data em que havia iniciado sua história há 25 anos. Você sabia que a empresa já chegou até mesmo a operar grandes aeronaves Airbus A310 no Brasil? Se quiser relembrar esta época, confira na matéria disponível neste link.

Receba as notícias em seu celular, acesse o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias

Ampliação de pista de aeroporto pode ser prejudicial a elefantes na...

0
Ampliação deve invadir partes da Reserva Shivalik, um santuário de elefantes que abriga mais de 2.000 animais ameaçados de extinção.