Volocopter sai na frente e garante aprovação de Organização de Produção

VoloCity, o eVTOL da Volocopter – Imagem: Volocopter

Volocopter, um dos projetos pioneiros em mobilidade aérea urbana (UAM), anunciou ontem, 6 de julho, que obteve a Aprovação de Organização de Produção (POA) em conformidade com os requisitos da Agência de Segurança da Aviação da União Europeia (EASA Parte 21G).

A aprovação foi obtida através da adquisição de seu parceiro de longa data em inovação e produção, a DG Flugzeugbau, especializada na produção de aeronaves em materiais compostos. Por meio dessa aquisição, a Volocopter é agora a primeira e única empresa de veículos elétricos de decolagem e pouso verticais (eVTOL) que possui as aprovações de Organização de Projeto e também de Produção (DOA e POA), necessárias para avançar sua aeronave para o lançamento comercial, dando-lhe uma vantagem competitiva na corrida para dar vida ao UAM.

O UAM é uma parte emergente da indústria da aviação com foco na conectividade dentro e ao redor das cidades. Como pioneira internacional da tecnologia de táxi aéreo eVTOL, a Volocopter abriu caminho para a criação do ecossistema necessário para introduzir o UAM em cidades em todo o mundo com seus serviços de táxi aéreo elétrico e drones de carga.

VoloDrone, o eVTOL de carga da Volocopter – Imagem: Volocopter

Notavelmente, em 2019, a Volocopter foi a primeira e continua sendo a única empresa eVTOL a obter a DOA da EASA (EASA Parte 21J). Por estar em conformidade com a EASA Parte 21G e Parte 21J, a Volocopter está posicionada para ter a primeira aeronave comercial a ser comercializada assim que concluir a certificação de tipo e obtiver a aprovação de Operador Aéreo em conformidade com a EASA.

A EASA é o regulador com os mais altos padrões de segurança para a certificação de aeronaves no caso do SC-VTOL, que exige o mesmo nível de segurança esperado de aviões comerciais. A certificação da Volocopter com a EASA é facilmente transferível em mercados globais, posicionando-a para lançar serviços na Europa, Ásia e América do Norte.

Como parte deste acordo de aquisição, a Volocopter irá integrar o segmento de produção de aeronaves da DG Flugzeugbau e a aprovação POA da EASA Parte 21G. Toda a equipe de especialistas de fabricação irá juntar-se às equipes de produção e oficina do Volocopter. Outra parte do acordo de aquisição é continuar a honrar os contratos de produção de planadores existentes da DG Flugzeugbau, sob a nova propriedade.

A DG Flugzeugbau é conhecida mundialmente por sua excelência na produção e desenvolvimento de planadores, fabricação de aeronaves compostas e ajuste de aviões vencedores do Campeonato Mundial da Red Bull Air-Race. A empresa possui certificação de produção há mais de 40 anos, aderindo aos mais altos padrões de segurança e produção de acordo com a EASA e o Federal Aviation Office of Germany.

Junto com a DG Flugzeugbau, a Volocopter projetou e construiu o VC200, o primeiro multicóptero movido a eletricidade a receber uma licença para voar em 2016 e voou este modelo de forma autônoma em Dubai em 2017 e no palco do CES 2018 em Las Vegas. Desde então, as duas empresas firmaram uma parceria para produzir o Volocopter 2X, o VoloDrone e o VoloCity.

Informações da Volocoper

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias