Início Variedades Voo de 74 minutos dura mais de 16 horas em ‘viagem caótica’...

Voo de 74 minutos dura mais de 16 horas em ‘viagem caótica’ nos EUA

Um voo da Allegiant Air, nos Estados Unidos, está sendo chamado pela imprensa de “viagem dos infernos” depois de durar 15 horas a mais do que o planejado inicialmente. A low-cost norte-americana é conhecida em avaliações na internet pelos baixos preços, mas também serviços que às vezes justificam a expressão “o barato sai mais caro”.

Um caso que deixou muita gente irritada, embora a empresa não tenha culpa, aconteceu recentemente.

O voo 161 da Allegiant Air, decolou no dia 12 de julho de Las Vegas, Nevada, com destino ao aeroporto de Stockton, na Califórnia. O tempo previsto para percorrer os 827 quilômetros que separam as duas cidades era de 1 hora e 14 minutos. Mas o pouso programado para ocorrer às 21h30 só foi acontecer às 14h no dia seguinte, terça-feira, 13 de julho, com mais de 15 horas de atraso.

De acordo com o apurado pelo One Mile At Time, o avião se aproximou do destino final no momento em que a torre de controle de tráfego aéreo de Stockton estava com operações restritas, o que ocorre todas as noites.

Isso sozinho não impediria o pouso, já que o aeroporto poderia receber excepcionalmente o voo, mas um problema no Sistema Automatizado de Observação de Superfícies (ASOS), equipamentos que fornecem informações meteorológicas, ainda não estava resolvido, o que impediu a aterrissagem.

Trajetória da aeronave – imagem: FlightAware

O comandante decidiu retornar para Las Vegas, mas uma tempestade mais forte que o esperado fechou o terminal para pousos. O piloto decidiu esperar o aeroporto reabrir e orbitou o local por mais de três horas.

Com o combustível no fim, sem informações precisas sobre liberação da aterrissagem, ele seguiu para Los Angeles. Lá, os passageiros foram desembarcados e receberam um voucher de US$ 250 para alimentação.

Sem nenhuma acomodação foi disponibilizada pela companhia, muitos passaram a noite no aeroporto. Stockton fica a pouco mais de 540 quilômetros de Los Angeles, o que representaria cerca de seis horas de ônibus. A companhia, contudo, não liberou transporte rodoviário e os passageiros tiveram que esperar mais 11 horas até o embarque ser liberado e a viagem, enfim, concluída.

A Allegiant Air não comentou os problemas. Como a legislação norte-americana não obriga que as empresas aéreas forneçam alimentação e acomodação para passageiros em caso de atrasos, tampouco alternativa terrestre, a postura da companhia em fornecer voluntariamente os voucher foi até elogiada por especialistas ouvidos pela imprensa.

Sair da versão mobile