WestJet lança a Swoop, sua subsidiária ultra-low-cost

Pintura oficial anunciada pela companhia

A companhia canadense fundada por David Neeleman, WestJet Airlines, anunciou na última semana a sua subsidiária ultra-low-cost no Canadá. A companhia ganhou o nome de Swoop, em alusão à palavra inglesa swop que significa mudança, exatamente o que a aérea pretende fazer no mercado canadense.




“O nome Swoop denota exatamente o que planejamos fazer. É um verbo forte que demonstra os planos de mudança no mercado canadense com um novo modelo de negócio que vai permitir passagens muito baratas e oportunidades maiores para os canadenses viajarem”, declarou Bob Cummings, Vice-Presidente Executivo de Estratégia da WestJet.

A empresa escolheu Calgary, Alberta, para o seu escritório principal. Inicialmente a Swoop irá operar voos domésticos. Apesar de não anunciar destinos, Bob falou que a companhia deve estar nos mercado do sul de Ontário e do sul da Colúmbia Britânica. A empresa irá operar jatos Boeing 737-800 em uma configuração de classe única com 189 assentos. Espera-se que as operações comecem no meio do ano que vem e os planos iniciais para a frota são de seis aeronaves, provavelmente oriundas da WestJet.

Esta decisão de criar uma ultra-low-cost vem logo após o governo do Canadá subir o limite de capital estrangeiro para 25% nas companhas nacionais. A WestJet, que começou como uma companhia low-cost e hoje oferece um serviço híbrido entre o de baixo custo e o tradicional, está renovando sua frota de longo curso e já considera o Brasil como novo destino.

Com informações da Assessoria de Imprensa da WestJet.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos