Aérea de baixo custo Wingo retoma voos internacionais partindo da Colômbia

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Depois de quase sete meses com as operações internacionais paralisadas por conta da Covid-19, a Wingo, companhia aérea low cost (de baixo custo) colombiana que faz parte da Copa Airlines, retomou os voos internacionais a partir da Colômbia na última sexta-feira, 2 de outubro.

Avião Boeing 737-700 Wingo
Imagem: Cristian Quijano / CC BY-SA

Segundo reporta nosso parceiro Aviacionline, em meio a rígidos protocolos de biossegurança certificados, o primeiro voo internacional da empresa partiu de Bogotá para a capital da República Dominicana, Santo Domingo.

“Desde o dia em que fomos forçados a suspender nossa operação, nos preparamos para voltar aos céus da região e é por isso que estamos muito animados com o reinício das operações internacionais”, disse Carolina Cortizo, CEO da Wingo.

“Durante o mês de novembro, e com as respectivas aprovações governamentais, pretendemos retomar os voos para os 11 países onde operávamos antes da chegada da pandemia para continuar a colocar ao serviço da região a nossa combinação única de voos sempre seguros, preços baixos e flexibilidade”, ela adicionou.

O primeiro voo internacional da Wingo, operado com o Boeing 737-800 registrado sob a matrícula HP-1537CMP, saiu de Bogotá às 14:38 UTC, 09:38 horário local, e chegou a Santo Domingo às 16:46 UTC, 10:46 da manhã do destino, com um tempo de voo de 2 horas e 9 minutos.

FlightRadar24 Voo Wingo Retomada Internacional
O Boeing 737 no voo da Wingo – Imagem: FlightRadar24

“Estamos muito felizes em receber a Wingo em nosso aeroporto Las Américas em Santo Domingo, permitindo-nos conectar mais uma vez a Colômbia e a República Dominicana em voos diretos de baixo custo”, disse Mónika Infante Henríquez, diretora-geral do Aeroporto Las Américas.

Durante o mês de outubro a Wingo também retomará os voos de Bogotá para Cancún, Quito e Caracas, e do Panamá para Medellín, Cartagena, Bogotá e Cali.

Quanto à abertura de serviços nacionais, a companhia aérea acrescentará Bogotá – San Andrés, Cali – San Andrés e Cali – Cartagena, e iniciará a operação de sua nova rota entre Bogotá e Cali.

As operações internacionais da Colômbia voltaram a ocorrer no dia 21 de setembro, com a chegada de um voo da norte-americana Spitir Airlines e uma partida da Viva Air.

Receba as notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram.

Murilo Bassetohttp://www.aeroin.net
Formado em Engenharia Mecânica e Pós-Graduando em Engenharia de Manutenção Aeronáutica, possui mais de 6 anos de experiência na área controle técnico de manutenção aeronáutica.

Veja outras histórias