WOW Air declara falência e encerra operações

A companhia de baixo custo islandesa WOW Air anunciou nessa manhã o fim de suas operações. A aérea da Islândia opera aeronaves Airbus A320neo e A321ceo/neo.

Numa primeira declaração a companhia informou que decidiu suspender as operações enquanto finalizava a documentação de um acordo de investimento com um grupo de empresários.

A injeção de dinheiro era necessária para trazer de volta a equidade da companhia (valor resultante dos ativos subtraídos dos passivos).

Porém o negócio teria ido por água abaixo e a empresa logo depois declarou falência.

Já alguns meses a WOW passava por dificuldades financeiras devido à alta dos combustíveis e forte concorrência. A principal concorrente Icelandair chegou a negociar a compra da WOW mas desistiu.

Logo após a IndiGo Partners (dono da Wizz Air, Frontier Airlines e da JetSmart) fez uma oferta pela WOW porém o negócio não foi fechado. Desde então a empresa tem procurado investidores mas sem sucesso. A Lufthansa por sua vez avaliou a compra da WOW mas não prosseguiu em frente.

A WOW agora é a terceira aérea a declarar falência neste ano, após a flybmi e a Germania fecharem as portas no mês passado. Outra aérea que fechou recentemente as portas foi a dinamarquesa PrimeraAir em outubro passado, que possui um modelo de negócio muito similar ao da WOW.

Carlos Martins

Despertou a paixão pela aviação em 1999 em um show da Esquadrilha da Fumaça. Atualmente é Piloto Comercial, Despachante, Bacharel em Ciências Aeronáuticas, membro da AOPA e veterano da Western Michigan University #GoBroncos